COMO RECEBER E ETIQUETA

COMO ARRUMAR A MESA






VISITAS PROGRAMADAS



É muito gostoso receber visitas e, é ainda muito melhor quando sabemos nos preparar corretamente para recebê-las, podendo aproveitar o momento especial que um encontro com amigos e parentes sempre proporciona.

Quando a visita está programada, o ideal é deixarmos tudo preparado para que possamos estar o máximo de tempo junto com as visitas.

Então, aí vai uma  sugestão bem prática:

Podemos preparar uma mesa no local onde receberemos os visitantes (na varanda, na bancada da cozinha, num aparador na sala). 

Você poderá personalizar a mesa com delicias de acordo com o gosto das pessoas. 

O ideal é que seja colocado copos, talheres e pratos, para que todos se sirvam a vontade, num ambiente bastante descontraído e agradável. E não esqueça, a tranquilidade e descontração devem ser proporcionadas pela anfitriã.





Bebidas:

Cafezinho, chás, sucos naturais para a tarde, porém se for já no início da noite,  poderá se introduzir outro tipo de bebida.

Doces e Salgados:

Rosquinhas, bolos, docinhos e também pães, mini sanduíches, tortas salgadas, e frios como presunto, peito de peru e queijos.

Frutas:

Frutas são indispensáveis nesta mesa, pois é sempre saudável e refrescante.Outra opção interessante é preparar uma salada de frutas.

Depois de tudo organizado é só decorar a mesa com algumas flores, saborear as delicias e aproveitar a companhia de todos os presentes. 



COMO HARMONIZAR QUEIJOS E VINHOS





Diversos queijos podem ser servidos no início ou no final de uma refeição, como sobremesa ou simplesmente como aperitivo entre as refeições, mas não podemos deixar de combiná-los ao vinho certo para exaltar mais ainda as suas qualidades.
Com certeza, esta combinação não é fácil porque existe uma quantidade infinita de queijos diferentes, cada um com as suas próprias características. Na verdade, este fato não deve nos desencorajar considerando que o queijo é um alimento que vai bem com vinho e podemos até pensar em arriscar algumas combinações sem hesitação.
Algumas regras, no entanto, irão nos ajudar a não errar feio:
Primeiro de tudo, recorde-se que queijos e vinhos devem ser capazes de nos proporcionar sensações perceptíveis: o sabor do queijo, não deve cobrir o do vinho e vice-versa. Por exemplo, um vinho tinto encorpado certamente não combina com um queijo como a muçarela, bem como um branco  irá se perder se temos no paladar um sabor picante do provolone.
Em geral, podemos dizer que:
  • Queijos frescos ou de pasta mole (muçarela, muçarela de búfala, minas frescal, ricota, queijo coalho, brie) combinam com vinhos brancos, suaves e levemente aromáticos (Soave, VerdicchioGrego di TufoChardonnay)
  • Queijos de média maturação (prato, meia-cura, cheddar) são adequados para vinhos tintos leves e levemente frutados (Marzemino, GrignolinoMerlot)
  • Queijos de pasta dura e de maturação longa (parmigiano, provolone, pecorino) servidos como aperitivos devem ser combinados espumantes secos ou champanhe.
  • Queijos azuis (gorgonzola, roquefort, stilton) vão bem com vinhos tintos frisantes, como Bonarda, BarberaLambrusco e ainda melhor com vinhos brancos aromáticos, como Sauvignon ou Gewürztraminer.
(fonte:       http://pecadodevinho.com/harmonizacao-entre-queijos-e-vinhos/)








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DECORANDO SEU ESCRITÓRIO DOMÉSTICO

16 COMBINAÇÕES DE CORES PARA SALA DE ESTAR

5 ERROS NA DECORAÇÃO QUE DEVEM SER EVITADOS